Logótipo rosa do blog O que acontece em Oeiras fica em OeirasO Montenegro não é um destino óbvio, pelo menos por terras lusas. Fica ali encalhado entre a Sérvia, a Bósnia-Herzegovina, a Albânia e o Kosovo, com um toque na Croácia. É um país pequeno em dimensão mas enorme em montanha, a qual ocupa quase todo o país, sobrando somente uma pequena faixa junto ao Adriático, onde vivem a maioria das pessoas.

Porque escolhemos o Montenegro? Porque nos disseram que valia a pena.

Que era assim uma espécie de Croácia menos explorada e mais barata. Um país novo, cujo povo decidiu ser independente da Sérvia há pouco mais de 10 anos e assim foi. Quando nos sugeriram o Montenegro nem sabia exatamente onde ficava e tive de recorrer ao mapa para me inteirar. Muito menos o que haveria para visitar. Mas vimos que tinha mar. E cidades bonitas. E por isso começámos a investigar.

O Montenegro é um país de beleza natural.

Montanhas a perder de vista, lagos, a costa, o mar. Ao ver de longe, é tudo idílico. Ao ver de perto, por vezes desilude pois não há cuidado com a natureza e o civismo não faz parte da cultura. Há lixo em todos os miradouros, pode-se fumar em todo o lado, incluíndo restaurantes. Não é um povo especialmente simpático, ou talvez não sejam somente de sorriso fácil. Parecem duros, como aqueles povos que sofrem durante anos e essa memória pesada não lhes permite ter uma leveza social, como se tudo tivesse de ser sofrido.

Não sei se voltarei ao Montenegro.

Mas sei que o Montenegro ficou comigo, como ficam todos aqueles destinos que me deixam um pouco desconfortável  e com sentimentos dúbios.

Deixo-vos aqui os sítios onde andámos, o que não perdemos e o que vimos neste país diferente que é o Montenegro. Para quem não tem paciência ou tempo para ler tudo, pode saltar diretamente para ver por onde andámos, as nossas dicas ou só mesmo ver as nossas imagens.

Espero que gostem!